domingo, 25 de novembro de 2012

Desafio da Semana

Quem, o que, quando, onde?
 

Mãos à obra!

domingo, 18 de novembro de 2012

Desafio da Semana

Esse era uma grande promessa. Alguém lembra?
 

Mãos à obra!

sábado, 17 de novembro de 2012

Copa Shell

O último Desafio não foi muito difícil, mas a turma chegou a se confundir com o local. Alguns acharam que era Guaporé ou até mesmo Cascavel, mas o posto de combustível da imagem era o do bom e velho Tarumã, antes da construção das espaçosas garagens que ainda hoje estão presentes por lá.
 
A prova era a etapa gaúcha da Copa Shell, o Campeonato Brasileiro de Marcas e Pilotos e o carro, o Uno #30 da dupla "Chico" Serra e Walter Travaglini, um dos poucos não-VW daquele grid, composto por 23 carros. Representando o time gaúcho estavam seis duplas:
 
# 05 Voyage - Antônio Fornari/ João Campos
# 11 Voyage - Álvaro Torres Jr/ Maria Cristina Rosito
# 17 Voyage - Fábio Bertoluci/ Evaldo Quadrado
# 40 Voyage - Luis Alberto de Castro/ Waldir Buneder
# 43 Gol - Paulo de Souza/ Patrícia de Souza
# 70 Voyage - Aroldo Bauermann/ Ronaldo Ely
 
De todos esses, apenas o Gol dos irmãos Souza não corria regularmente o campeonato.
 
A pole position foi conquistada pelo Voyage #20 da dupla "Toninho" da Matta e Gunnar Vollmer, dupla que acabou vencendo as duas baterias da prova de ponta a ponta. Em 2º finalizou o Escort #47 da dupla Ingo Hoffmann e Fábio Greco com Buneder e "Castrinho" em 3º. Ainda entre os 10 primeiros, Bertoluci e Quadrado chegaram em 6º, Fornari e Campos em 7º e Aroldo e Ely em 9º.
 
A melhor volta da prova foi assinalada pelos vencedores com o tempo de 1min21s680, média de 132,928 km/h.
 
Abaixo algumas fotos feitas por este fotógrafo amador. Vamos ver se vocês conseguem identificar alguns dos carros.
 









Fonte das imagens: arquivo pessoal.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Domingo no Tarumã

Ontem foi dia de Tarumã. A programação era das boas, com provas do Gaúcho e Brasileiro de Endurance, Marcas e Copa Fusca, as últimas provas antes das 12 Horas, que acontecem no próximo dia 8 de dezembro.
 
Fui lá conferir e acabei revendo os amigos, o que transformou o domingo em um dia bem bacana. Tinha especial interesse em ver o grid da Endurance, que mesmo com alguns carros de fora do estado - já que a prova valia também pelo Campeonato Brasileiro - teve um grid bom para uma prova de 3 Horas. Vi muitas equipes se preparando para as 12 Horas e isso é um bom sinal.
 
Por sinal, as 12 Horas era assunto sempre que uma nova roda de amigos se formava. Muitos preocupados com a data em função da inauguração da Arena do Grêmio, outros apostando que isso não será motivo para afastar o público. Além disso, há uma expectativa de que vários carros possam brigar pela ponta, o que tornaria a prova mais interessante.
 
Outro assunto que tomou conta das rodinhas ontem foi a I Peleia das Estrelas, evento organizado pelo piloto Luiz Sérgio "Seninha" e o Bernardo Bercht do jornal Correio do Povo, que reuniu pilotos, jornalistas e amigos da velocidade no kartódromo no sábado à noite. O propósito do evento era confraternizar, mas obviamente houve a competição. E sabem quem levou a melhor? O "Velho Perna", que mais uma vez deu mostras de que tem talento de sobre para acelerar também nas quatro rodas.
 
O "Castrinho" também foi lembrado no domingo com uma homenagem feita antes da largada da primeira bateria do Marcas. Não fosse a chuva que caiu no momento, a reta estaria cheia de gente para homenageá-lo.
 
E falando em homenagem, não é que o Beto Muccillo me convidou para dar a bandeirada da primeira corrida do Marcas? E isso não foi tudo. Ao final do evento, antes da entrega dos troféus aos vencedores, eu e o Bernardo recebemos das mãos do Rafael Cohen um troféu como destaque imprensa. Foi muito bacana.
 
Agradeço ao Beto pela homenagem. Não tenho tido o tempo que gostaria para atualizar o blog, mas um gesto assim me dá energia e motivação para seguir em frente.
 
Valeu, Beto!
 
E que venham as 12 Horas!
 
 







Fonte das imagens: arquivo pessoal, Betho Giordani, Fernando Silva e Leila Schaefer.

domingo, 11 de novembro de 2012

sábado, 10 de novembro de 2012

Perfeito

Justa homenagem a dois grandes automobilistas, encomendada pelo Fernando Esbroglio e entregue durante a comemoração do aniversário do Tarumã, na última quinta.
 

A obra é assinada pelo mestre dos cartoons, meu amigo Fernando Maurano. Simplesmente...perfeito.

O "Chico" e o "Capo" merecem.

Uma pena não ter estado presente. Fica para a próxima.

Besouros

O último Desafio não foi difícil. Já contamos aqui a história do nascimento da categoria dos besouros, que na época, 1988, se chamava Standard 1600. A primeira prova em Tarumã teve apenas cinco inscritos, mas o sucesso não demorou muito a aparecer. Já no final da temporada eram mais de 20 e no ano seguinte já batia fácil nos 30.

A imagem do Desafio mostrava aquele que seria o primeiro campeão da história da categoria, Carlos Castro, liderando o pelotão. Atrás dele, vinha o #40 do Carlos Augusto de Souza, o "Guto Furst", que veio a ser campeão em 1989. Mais atrás era possível também identificar o Edison Shorn, João da Silva, Gervásio Horácio, José Bergamini, entre outros.

Os carrinhos ainda continuam nas pistas. Após anos de glória, com mais de 40 carros no grid, a categoria luta para se manter ativa, se justificando com belas disputas, ainda que com um grid pequeno.

Amanhã a Copa Fusca, atual denominação da categoria, estará no Tarumã para a última etapa do ano. Também haverá a etapa de encerramento do Marcas e prova do Endurance Brasileiro e Gaúcho. Apareçam!

Abaixo algumas imagens das décadas de 80 e 90 com os fusquinhas em ação.















Fonte das imagens: jornais Zero Hora, Esporte Motor e Pit Stop.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

É hoje!

Parabéns, Tarumã! 42 anos de muita velocidade.

Segue a minha homenagem de sempre, mas que vale a pena ver de novo.



domingo, 4 de novembro de 2012

Desafio da Semana

Já que na semana que vem tem a final da Copa Fusca no Tarumã, segue aí uma da primeira temporada da então denominada Standard 1600. Vocês conseguem identificar os pilotos?
 
 
Mãos à obra!

sábado, 3 de novembro de 2012

Chiquito

Pensei comigo mesmo: esse último Desafio vai ser casca grossa. Acho que ninguém vai acertar. E não é que ele, sempre ele, Mestre Schutz matou mais uma?! Tive de entrar em contato com ele para saber "mas como????"

Pois bem, o Schutz me comentou que reconheceu o pai do piloto, ao lado na imagem, o Sr. Francisco Maximo da Silveira, o "Chiquito", que na época fazia parte da diretoria da Federação. Assim ficou fácil para ele reconhecer o piloto, o Alexandre Maximo da Silveira, de Cachoeira do Sul.

Quem me mandou essa foi o Rubens Leal Casses, que é sobrinho do "Chiquito", um ex-piloto de carreteras, que competiu no Rio Grande do Sul e no Uruguai entre os anos de 1950 e 1952.

"Chiquito" foi destaque na edição de janeiro de 1981 da revista Quatro Rodas quando foi feita uma reportagem sobre as corridas de Gordini que organizava no autódromo Galgo Branco, dentro da sua fazenda, localizada entre Cachoeira do Sul e Encruzilhada do Sul. Rubens lembra que os carros eram chamados de Gordel, pois corriam com motor de Corcel.

Me disse o Rubens que o Alexandre faleceu há bastante tempo, mas que foi dos bons no seu tempo no kart. Prova disso são as fotos que o mostram no pódio e largando na primeira fila. Não reconheci os demais pilotos que aparecem, mas talvez alguém aí identifique.














Valeu, Rubens!

Fonte das imagens: arquivo Rubens Casses e revista Quatro Rodas.