domingo, 1 de abril de 2012

Desafio da Semana

Bom dia, turma! O post de hoje, além de trazer o tradicional Desafio, vem informar que, depois de quase cinco anos na ativa, o blog vai encerrar as atividades.

A razão é que...caaaalma, pessoal. Só quis fazer uma brincadeira para não deixar o primeiro de Abril passar em branco. Vamos em frente!

Bom, essa aí é fácil, mas vamos ver se a turma identifica o carro, o piloto, o local e o ano.


Mãos à obra!

11 comentários:

fernando Nana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fernando Nana disse...

Acho q e Norman Casari, en Tarumã anos 70 , o carro e Casaari ford v8 Galaxi

fernando Nana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fernando Nana disse...

Grande premio internacional de Tarumã 1971 com participação de Dipalma e outros Argentino,Jan Balder tamben correu com Casari Ford

fernando Nana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Schütz disse...

Acho que é mesmo o Casaari 230, com o Jan Balder, na porova Sudam, vencida pelo Tite Catapani com a Lola T210, em que viaram os argentinos Jorge Ternengo, com um Berta Tornado de Motor dianteiro e Ruben ALonso, com um Vounta Tornado.

Anônimo disse...

Casari A-1 ( existia o Casari A-2 tbém o que era outro carro com caraterísticas diferentes), motor Ford Galaxie, provavelmente pilotado pelo norman Casari e Jan Balder. A carenagem frontal era derivada dos "Ac" ( esporte- protótipo criado pelo renomado designer Anísio Campos).

Aloisio Adib

Anônimo disse...

Acho que este é um carro de mentirinha, mais um 1º de abril do Sanco.

Martim Kim

Julio Cesar Gaudioso disse...

Jan Balder em Tarumã 1971, com o Casari 230 (também conhecido como A-1), feito com componentes canibalizados do Vemag Carcará e a mecânica do Galaxie e do F-600 (o V8 amarelo do Museu do Motor, lembra Sanco?) . O Norman correu com a T70.

Anônimo disse...

Parece q é na curva 2, tarumã, acho q é na inauguração.
Tazio Nuvolari

cariocadorio disse...

A prova é em Tarumã. O Casari A-1 com motor Ford V8 do Galaxi. O piloto era o Jan Balder nessa prova.
O Norman conseguiu um patrocínio da Brhrama e fez uma equipe com o Lola T-70 e o A-1.
Em 1970 ele tinha uma oficina na R. Pedro Américo, Catete, Rio de Janeiro. De vez em quando saia da escola e ía até lá. O simpático mecânico Manuel sempre atendia e dava detalhes dos carros. Chegui a ganhar ens adesivos da equipe que durante muito tempo guardei com todo cuidado.
Desculpem o exagero mas bateu um certo saudosismo.
Saudações cariocas
Desculpem o saudosismo