sábado, 3 de abril de 2010

Levino Tagliari

Há alguns dias recebi um e-mail do Sérgio Luiz Donadel, gaúcho que hoje mora em Barra do Garças em Mato Grosso, e que acompanha o blog há bastante tempo, pedindo informações sobre um piloto de Erechim, Levino Tagliari, participante em competições nos anos 60. Ele também pedia informações sobre a prova "3 Horas de Erechim", disputada em 1968, durante as comemorações do aniversário da cidade.

Fui buscar as informações com um expert no assunto e acabei me deparando com um fato muito interessante. O Paulo Trevisan, como vocês verão abaixo, ficou entusiasmado com o assunto, afinal conheceu Levino Tagliari e assistiu algumas de suas provas. Ele me passou duas imagens e o interessante é que o próprio Paulo aparece em uma delas, assistindo a prova nas ruas de Passo Fundo. Tagliari é assim, a resposta para o último Desafio, com o nosso querido Paulo também aparecendo naquela bela imagem do Fusca atravessando na saída da curva. A turma, para variar, estava bem afiada. O Borg acertou o piloto e o Larri identificou - sabe-se lá como - o Trevisan em meio ao público.

Vamos aos dizeres do Paulo.

"Do piloto Levino Tagliari posso falar muito, pois acompanhei seu início nas arrancadas e assisti algumas provas dele e pelo menos duas em Passo Fundo. Era um magrão alto, sócio da revenda VW Ouro Preto de Erechim e muito matreiro nos anos 60 em matéria de arrancada com seu Fusca 1200 cc; e um dos pioneiros no uso de maior cilindrada. Foi o primeiro que assisti limpando com uma vassourinha os primeiros metros onde o Fusca iria queimar pneu na arrancada. A prova 3 Horas de Erechim, que eu também assisti, foi em 1968 e se dispõe de algumas fotos das provas mas nenhuma do Levino naquela prova, quando ficou em 7º lugar com o Fusca nº6. Tive o privilégio de fazer um pega de estrada com ele no inicio de 1974 desde a saída de Erechim até perto de Passo Fundo, eu com meu Chevette branco novo e rebaixado e ele com um Karman Ghia vermelho. Era um sujeito muito gentil com nós mais jovens, mas não abria o jogo. Eu participei em 1969/70 de km de arrancada em Erechim com meu Fusca 1967 com kit 1500 mas nunca levei nada, porque era uma guerra regional. Por anos ele foi apenas piloto de arrancada e participou como estreante pela primeira vez aqui em Passo Fundo em 04/12/66 na categoria 1200 correndo com nº101. Já em 29/09/68 participou nos 300 Km de Passo Fundo com o nº6 e da qual vão duas fotos. Na que ele aparece torto com o Fusca observe um magrinho atrás da corda de blusa branca QUE SOU EU!

Um abraço,
Paulo Trevisan"



Buscando informações lá mesmo no site do Museu do Automobilismo Brasileiro, encontramos os resultados das "3 Horas de Erechim", disputada no dia 05 de Maio de 1968, conforme solicitado pelo Sérgio.

Categoria Geral:
1º #27 JK - Alfredo Oliveira/Wilson Drago
2º #25 JK - Lauro Maurmann/Renato Petrillo
3º #15 Simca - Luiz Fernando Costa/Aldo Costa
4º #31 Gordini - Paulo Nienaber
5º #20 Simca - Ulisses Tolotti
6º #32 Simca - Jorge Truda/Breno Fornari
7º #6 Fusca - Levino Tagliari

Categoria Estreantes:
1º #65 1093 - Abílio Weiand
2º #30 Fusca - Giliat de Almeida
3º #33 Gordini - Ivan Tissot
4º #41 Fusca - Ferreti
5º #34 DKW - Trombini
6º #39 Fusca - Melotti

Agradeço ao Paulo pelas gentis contribuições.

7 comentários:

Francis Henrique Trennepohl disse...

O Paulo não brinca em serviço. Além de descrever o físico e características do Levino, ainda teve o prazer de fazer 'pega' na estrada com o cara.
Esse Trevisan é fogo!

LARRI disse...

SANCO, como sou da terrinha e apesar de na época ter menos de 7 anos, morava a apenas 50 metros do "circuito", por isso tinha obrigação de conhecer o local. A primeira foto já dei a localização e a segunda parece-me ser a saída da Rua Duque de Caxias com a entrada da Rua Coronel Pelegrini. Já a presença do Trevisan, foi apenas um chute.
PS : nesta época o vírus do automobilismo entrou na veia e não sairá jamais.

Claudio Ceregatti disse...

Abraços ao Francis, ao Larri, ao Sanco e ao magrinho da foto.
Saudades de todos.

Anônimo disse...

Obrigado mais uma vez, Sanco.
Obrigado também ao meu conterraneo Mestre Paulo Trevisan. Nesta epoca tinha 10 anos e meu pai tinha uma oficina de chapeação e pintura (era assim que se chamava as oficinas) na esquina da revenda Ouro Preto em Erechim. Gostaria que, seu filho Lewis tivesse mais algumas fotos do seu pai pudesse enviar para você colocar no blog para enriquecer a história deste piloto. Inveja de você, do Francis de puder participar da visita ao Museu que o Paulo mantem em Passo Fundo. Quando puder farei com certeza uma visita a vocês. Feliz Páscoa a todos.
Sérgio Luiz Donadel - Barra do Garças - MT

Francis Henrique Trennepohl disse...

Grande Cerega, um baita quebra-costelas pra você a turma de "Sampa". Saudades de vocês também.
FELIZ PÁSCOA à todos!

LARRI disse...

CEREGATTI a recíproca é verdadeira. Veja se aparece aparece qualquer hora para tomar um chimarrão.

Luciano Palma disse...

Conheci um piloto desta corrida, o Sr. Ivan Tissot, pessoa maravilhosa estive vendo os troféus e algumas fotos da época. Tudo muito encantador. Parabéns a todos desta época!