quinta-feira, 31 de março de 2011

A evolução do Polar

No início da semana discutiu-se sobre o Polar do "Chico" Feoli que foi adaptado para o primeiro ano da Fórmula 2 Brasil. Pois o próprio "Chico", sempre atento ao blog, mandou o recado abaixo repleto de ótimas fotos.

"Oi Leandro. Em virtude dos comentários a respeito da transformação do Super Vê para Fórmula 2 com motor VW AP aí vai uma sequência de fotos que consegui reunir rapidamente para esclarecer os comentários. O Aloísio Adib foi quem desenhou a carenagem, as transformações de chassi, motor e suspensão ficaram a cargo do Eng. Jorge Martinewski e do José Laênio. Os três tipos de spoiler dianteiro foram testados para achar o melhor equilíbrio do projeto. Abraços a todos, Chico."

Vejam a evolução das carenagens. Vejam o Martinewski, o Zé Laênio, o Dino. Acho que o Adib aparece também. Vejam o Moura Brito com patrocínio do Circuito de Paul Ricard! Alguém sabe explicar essa? Sensacionais os registros!

Fonte das imagens: arquivo Francisco Feoli.

12 comentários:

Walter disse...

Esse Ricard era uma bebida alcoolica. Nao lembro se era um 'biter' ou o que era.

Anônimo disse...

Lembro da Equipe Castrol-Ricard, de 1979. O outro piloto era o Elvio Divani, acho. Destaque-se também o #17, um Polar modificado do piloto Vital Machado, um carro-asa (seguindo a tendência da época)na FVW1600 brasileira.
Caranguejo

Anônimo disse...

O Circuito de Paul Ricard foi construido na época da proibição da propaganda de bebidas alcoólicas na França. Como já foi dito, Paul Ricard era uma bebida, por isso faziam a piblicidade "Circuit de Paul Ricard".
Paulo Schütz

Anônimo disse...

Buenas!
Ricard é um "bitter".
Abraço
Pedrão-SMO (abaixo de água)

Aloisio disse...

O Polar do Vital Machado foi o pri
meiro carro-asa a competir no Brasil. Sua "saia" era móvel como
os F-01 da época.

Aloisio Adib

Italo disse...

Que carro bonito!

A foto tomada de cima do carro desmontado é sensacional, mas de arrepiar pela falta de segurança.

Anônimo disse...

Os pilotos e preparadores buscavam inspiração nos F1 da época. Nas fotos dá pra ver alguma coisa de Ferrari, McLaren, Brabham, junto com idéias próprias. Hj a maioria das categorias são monomarcar, inibindo a criatividade.
Abç
Júlio

Rodrigo Mattar disse...

Ste. Ricard, uma espécie de Bitter, um vermute, como Campari ou Cinzano, também foi patrocinadora de pilotos de moto como Edmar Ferreira e Walter "Tucano" Barchi nos anos 70.

Jonny'O disse...

Não sei se estou fazendo confusão.

Mas lembro de ter visto ainda es carro novo(polar modificado)do Feoli com o bico do polar original.

Aloisio disse...

Não estive presente mas soube que o F. Feoli andou testando essa con
figuração. Valeu a lembrança!...

Aloisio

Hagar disse...

O Polar do Vital Machado tinha suspensão dianteira (molas e amortecedores) embutidos no nariz (in-board). Este foi o carro do Nelson Piquet que fez a adaptação e assim vendeu para o Vital quando foi para a Europa. Acho que era o único com esta suspensão. Mais tarde o Vital desenvolveu a "asa". O carro sempre foi muito competitivo e o mecanico chefe era o Celestino, que ficou com o Vital até ele parar.

Anônimo disse...

desculpe mas alguém ai sabe me dizer que fim deu no pilotp Vtal Machado?