sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Muitas Imagens e Pouco Papo

Na sequência: duas imagens de Bocão e Ronaldo Ely, outro gaúcho bota, que também já foi campeão brasileiro de Fórmula 2. Correram juntos nos 1000 km de Brasília em 1979 com um Passat preparado pelo saudoso Dino di Leone. Chegaram em 8° lugar na geral e 3° na categoria Passat.



Bocão em seu Ralt VW na etapa de Tarumã da Fórmula 3 em 1993, na chuva. Atrás dele é possível ver os "hermanos" Ricardo Rissati e Fernando Croceri.



Leonel, em 1984, "ensanduichado" por um bando de argentinos na prova de Tarumã da Fórmula 2. Na imagem: Guillermo Maldonado, eterno rival dos brasileiros, Leonel, Fernando Croceri, Guillermo Kislling e Alberto Scarazini nos carros da John Player Special e um dos carros da UFO, que pelo casco não é o Gustavo Sommi. Curva 1, pé embaixo, todos no limite. Que imagem!



Leonel acelerando seu Fusca #43 na Divisão 3 em Tarumã, 1972, ano em que foi campeão brasileiro da categoria. Lembrança do blogueiro Júlio Cordeiro. O #43 sempre foi o número preferido do Leonel.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ae Leandrão,
conta com comigo para colaborar no blog, é isso aí vamos resgatar a história tão bela do nosso automobilismo.
PS. Este Fusca do Leonel era bonitaço hein?
Pq tu não faz a miniatura com essa pintura?

Abraço, Lacombe

granito disse...

o carro do UFO ( equipe do Sommi naquele ano) tinha 2 carros : o 14 do Gustavo Sommi e o 15 do Miguel Angel Guerra ( provavelmente o cara da foto) que andou dando umas aceleradas até na F-1