sábado, 12 de julho de 2008

1 Ano!


Hoje, 12 de Julho, este modesto blog está completando um ano de atividades. Passou rápido esse um ano. Parece que foi ontem que o motor do Blog pegou pela primeira vez.

É fácil lembrar como tudo começou. Já devo ter contado algo sobre isso aqui. Foi mais ou menos assim:

Esse interesse pelas corridas surgiu desde que me conheço por gente. É inegável que meu pai foi meu maior incentivador, pois era ele que levava toda a família ao Tarumã. Ele me dizia quem eram os pilotos, conhecia muitos e assim fui tomando gosto pela coisa. O Tarumã virou o meu programa preferido do final de semana e a preguiça do acordar entre a Segunda e a Sexta-feira, também conhecidas como dias letivos na escola, era substituída por uma rapidez e agilidade impressionantes, sendo sempre o primeiro a estar pronto para sair de casa nos Domingos (bem cedo, é bom que se diga, pois era necessário pegar um bom lugar sempre).

Naquele tempo desenvolvi uma habilidade que não servia para nada além de ser capaz de memorizar os nomes dos pilotos, os números e os patrocinadores de quase todos os carros que via pela frente. Coisa de guri. A Fórmula 1 era também sagrada, mas para mim nada se comparava a ver as "baratinhas", os Mavericks, os Fiats e outras traquitanas fazendo aquele barulho enorme e soltando aquele cheiro de combustível e óleo queimado. O tempo foi passando e a vontade de correr, ou de me envolver com as corridas de alguma forma, sempre me acompanhando. Até tentei o kart, quando ainda estava na escola, e que não durou muito, por causa da grana, mas também pela consciência de que era preciso estudar para ser alguém na vida. Talvez até fosse possível conciliar as duas coisas, mas achei melhor estacionar o kart. Na mesma época meu tio - Noel "Paulista" - começava a montar um carro para correr no Marcas e automaticamente passei a acompanhar de perto toda a movimentação das corridas. Aprendi muito, ralamos muito e conheci muita gente. Estive por muitas vezes muito próximo dos meus ídolos, como um fã anônimo com um olhar contemplativo. Mas aquilo não me bastava, eu queria um algo a mais, mas nunca soube exatamente o quê.

Me lembro que em 1996, o Cláudio Fontoura, que era o dono do Jornal Esporte Motor (uma bíblia do automobilismo gaúcho nas décadas de 80 e 90) fez uma prova de Fiat com o tio e entre um papo e outro ele viu que aquela minha habilidade, que eu não sabia muito bem para quê servia, era fundamental para realizar uma pesquisa sobre a história do Gaúcho de Marcas, para ser publicada na edição número 1 da nova "Revista Esporte Motor". Foi mais ou menos como juntar a fome com a vontade de comer. A pesquisa deu muito trabalho, mas ficou legal, emoldurada com o texto do Cláudio Furtado. Depois veio a dos Fiats e assim eu, meio sem saber, começava a me interessar pelas corridas antigas, das décadas de 70 (que nem vi, pois nasci no final de 1976)e 80. Mais ou menos naquela época foi lançado o livro "Automobilismo no Tempo das Carreteiras" do Luiz Fernando Andreatta e do Paulo Renner, que achei muito bom e assim me despertava a idéia de escrever um sobre o automobilismo contemporâneo àquela época. Mas tudo nunca passou de uma idéia tímida que por muito tempo ficaria arquivada num canto da minha cabeça.

Chegou a época da universidade e acabei, naturalmente, me envolvendo com as corridas lá também, mas agora de uma maneira diferente, através do Projeto Baja, no qual nós, estudantes de engenharia, tínhamos de projetar, construir e testar um protótipo off-road. Hoje digo que muito do que sou devo a esse projeto que me desenvolveu tanto o lado pessoal como o profissional. Até hoje participo, organizando a etapa sul-brasileira que acontece há seis anos, em Gravataí. É a minha forma de retribuir e também de ajudar na formação dos estudantes de hoje.

Mais ou menos em 2001, descobri o site do piloto Roberto Lacombe, um dos maiores incentivadores que o Blog tem hoje, que na época fazia o site do Autódromo de Tarumã e também participava do site e do programa de rádio "Bate-Roda". Passei a colaborar com ele e mandava muito material do meu acervo pessoal para ser publicado. Infelizmente a idéia não durou, pois o "Beto" teve uma briga braba com um vírus que consumiu todo aquele material do seu computador. Fiquei triste pois parecia que finalmente aquela idéia de reviver as corridas antigas estava tomando forma.

Mas o tempo passou e com a pulverização de informações na internet, apareceram vários apaixonados por automobilismo que passaram a escrever ou mesmo divulgar as corridas das décadas passadas. Cito alguns que, mesmo sem saber, foram me estimulando a criar isso que vocês estão vendo hoje. O Carlos de Paula, o Anísio Campos e o Paulo Peralta, que estão na estrada há alguns anos, mostravam o fim da áurea época das carreteiras, a briga das fábricas nos anos 60, a era Fittipaldi, etc. Tudo isso podia - e ainda pode - ser visto com detalhes na tela do computador. Mas para mim, faltava alguma coisa. Eu não encontrava informações sobre a história do automobilismo gaúcho na fase pós-Tarumã e aquela idéia do livro começava a coçar de novo, impulsionada pelo lançamento de bons livros como o "Interlagos" do Paulo Scali, o "Nos Bastidores do Automobilismo Brasileiro" do Jan Balder e o "Levantando Poeira" do Gilberto Menegaz.

Me informei, estava decidido a fazer o livro, quando descobri que o Paulo McCoy e o Paulo Torino estavam publicando o livro 12 Horas e que o da história do Tarumã já estava em fase de conclusão. Isso me desanimou um pouco, mas imediatamente percebi que esse movimento de resgate da história estava tomando força e que talvez houvesse espaço para algum outro tipo de iniciativa. Foi então que, motivado por alguns amigos, começei a me informar sobre esse tal de blog. Logo descobri que o tal blog poderia fazer a função de divulgação do que eu tinha para dizer e mostrar, mas também poderia se tornar interativo, abrindo espaço para aqueles que por ventura passassem por lá, contribuíssem com alguma informação sobre o assunto em questão. Sinceramente eu não levava muita fé nessa segunda idéia, mas como não era o objetivo principal, começei a contar algumas histórias, publicar imagens do acervo que tenho e por aí vai.

A divulgação foi um pouco tímida, não tinha muitos contatos, mas de repente as coisas começaram a engrenar, passei a receber e-mails com histórias, imagens, as visitas ainda poucas, mas não há indicador melhor do que uma mensagem de incentivo e isso foi me motivando a continuar com essa idéia, que sinceramente não sei até quando e onde vai parar.
Ao longo desse um ano tive a oportunidade de falar e lembrar de grandes pilotos da nossa terra e com alguns deles pude estar frente-a-frente ouvindo histórias e tentando gravar tudo na cabeça para mais tarde escrever em algum lugar, enquanto me emocionava vendo imagens históricas e que, em alguns casos, me faziam lembrar da minha infância e juventude. Também pude reencontrar amigos, fazer outros tantos e trocar muitas idéias sobre esse esporte apaixonante que é o automobilismo. O Arlindo Schunk Filho chegou a dizer em seu programa na TV que o Blog do Sanco é o Wikipedia do automobilismo gaúcho. Exageros à parte, quem sabe um dia a gente chega lá...

Muito obrigado a todos que colaboram, incentivam e divulgam esse espaço. Não há presente de aniversário melhor do que esse.

Agora vamos dividir o bolo, presente do Maurano, mais um talento do design e apaixonado por automobilismo assim como este Blog.

Obrigado, Maurano! Obrigado a todos vocês.

23 comentários:

Anônimo disse...

Leandro,
Bela comparação do Arlindo, quando classifica o blog como a Wikipédia do automobilismo gaúcho. Não é menos do que isso,
Neste ano de existência, conseguiste recuperar um volume surpreendente da nossa história, esquecida em álbuns fotográficos nos armários, bem como na memória dos personagens.
Te felicito pelo primeiro de muitos anos que virão, de um belíssimo trabalho que a nós, militantes antigos deste nosso esporte, sempre acaba emocionando.
Espero de coração, que te animes cada vez mais com teu trabalho e, tenho certeza que, como eu, não haverá automobilista livre do vício "Blog do Sanco".
Muito obrigado, parabéns, e um grande abraço, do amigo
Paulo Schütz

Anônimo disse...

Parabéns Leandro.

---------------------
Lacombe

Renato Giordano disse...

Parabens por mais um ano e vida longa a todos os Blogs que retratam o automobilismo brasileiro, pois são o únicos meios de comunicação que fazem com que ele ainda exista...

Rogerio disse...

Sanco!
-Estou no Rio e 'orfão' de carreras.
O 'Jacaré' esta semi-mutilado, e acompanhar o teu blog é uma maneira de lembrar de coisas boas do passado e ver que o velho e bom Tarumã mesmo com o passar dos anos continua sendo o 'nosso templo'.
Toca pra frente, pois a relação do ontem,hoje e amanhã será neste meio da www / blogs...
Você JÀ criou o seu espaço.
É citado aqui no sudeste como referência em pesquisa e história do automobilismo gaúcho!
Have a ball!

Luiz "OKRASA" Salomão disse...

Leandro, a estrada é longa, mas o trajeto é compensador. Continue com suas narrativas e fazendo parte de uma confraria que pode-se assim dizer, que se atreve a reescrever a história do automobilísmo brasileiro na terrinha...é um prazer tê-lo como parceiro!
Vida longa ao blog...
Saloma

Anônimo disse...

Parabéns Leandro!!!

Um ano da melhor qualidade tivemos o prazer de acompanhar.
Continue sempre em frente neste trabalho de resgate histórico do automobilismo gaúcho.
Tenha certeza que tens aqui comigo um "companheiro de armas" neste trabalho importante.

forte abraço

Renato Pastro

Mauricio Morais disse...

Parabéns Leandro,
todos já falaram muito do que representa seu trabalho, só me resta falar então de tua paixão pelo cheiro da borracha, óleo, gasolina, pelo clima e a sensação de ansiedade que cercam as provas automobilísticas, o confornto das máquinas e pilotos, etc, etc.
Tudo isso você consegue transmitir no espaço que ocupa na blogosfera.
Continue com essa paixão por fazer uma boa pesquisa, aprofunda, detalhada, mas principalmente emocionada.
Que venham outros anos e que se tornem muitos.
Esse é o meu desejo.

Anônimo disse...

Parabéns Sanco !

Foram poucas as vezes que deixei um comentario no blog ,mas estou sempre por aqui ,aprendendo ,claro!

Jonny'O

Fabiano 70 disse...

Parabéns Leandro, o pessoal aqui de São Paulo fica impressionado com a dedicação dos gaúchos ao automobilismo brasileiro e o seu blog é um grande exemplo disso. Continue trazendo suas histórias maravilhosas para todo o Brasil.
Abraços,
Fabiano Guimarães.

Francis Henrique disse...

Grande Sanco, PARABÉNS pelo primeiro aninho. O blog ainda é um "bebê", mas o que tem de histórias não é brincadeira...
Que esse seja o primeiro ano de algumas décadas de histórias...
Grande abraço

giancarlo disse...

para qualquer amante do automobilismo uma visita no blog do sanco é obrigatoria.
parabens, velho, pois sei que é beeeeeeeeeem dificil manter um trabalho de alto nivel.
um abraço

Anônimo disse...

Aí Sanco
Parabéns. Continue com o seu blog por muitos anos. Saúde pra vc e sua família.
Abs
Júlio

Anônimo disse...

Parabéns Leandro,
Pelo belo Trabalho, de resgate da história do Automobilismo Brasileiro.
Forte Abraço.
Marcelo Cé

Turiscar Trailers disse...

Leandro,

Um pouco atrasado,mas deixo aqui os meus parabéns pelo primeiro ano de vida,e muito obrigado por tanta coisa boa que vc. deixou por aqui para todos nós...
Continue assim,força sempre,e vamos de pé na tábua,que atrás vem gente !!!
Forte quebra-costelas,guri !!!!!


Mário Buzian / Família Scheid

paulo henrique rotta disse...

sanco,
pelos comentários comemorativos do primeiro ano, pode verificar o quanto o blog é importante para o automobilismo brasileiro. o resgate das memórias automobilisticas nos leva a viver novamente àquela época, inesquecível. hoje, diariamente acesso o blog para alimentar minha gana pelas informações que trazes neste espaço. não é exagero afirmar que o blog é o melhor espaço para buscar conhecimento do automobilismo de competição. quanto a idéia do livro, tens material e conhecimento suficiente para a obra, não desista.
ainda, sei o quanto é difícil e demanda tempo a manutenção do blog. é trabalho para um guerreiro. continue nesta luta.
grande abraço, parabéns, o automobilismo brasileiro agradece, do grande amigo, paulo rotta

Joaquim disse...

Leandro,
Desnecessário repetir os elogios devidos à sua dedicação e competência, uma vez que chego um pouco atrasado para a festa.
Nada mais merecido a um batalhador que aqui recupera a história do viçoso - e tão pouco documentado nacionalmente - automobilismo gaúcho.
Teu blog hoje é a referencia maior do automobilismo sulino. Se me permite a pretensão, em outros lugares ensino. Aqui, humilde e alegremente, aprendo.
Longa vida ao blog!!!

Anônimo disse...

GRANDE LEANDRO, SIGA EM FRENTE, PARABENS PELO PRIMEIRO ANO, UM ABRAÇO JORGE CÉ MOREIRA

luiz borgmann disse...

Olá Leandro,
Parabéns pela data, os admiradores de teu trabalho são muitos...e virão muitos mais.
Abraço, Luiz Borgmann

walter disse...

Dá-lhe, Sanco! Sou paulista mas venho aqui todos os dias aprender e curtir o genial automobilismo do Rio Grande.
Parabéns!

Tohmé disse...

É um blog que se deve entrar necessariamente uma vez ao dia, pelo menos.
Parabéns.

Erlon disse...

Parabens pelo ano! De certa forma é uma coisa fantástica alcançar esse sucesso todo!
O trabalho quando é feito como se gosta dá frutos.
Trabalhamos todos pelo automobilismo do RS, voce fazendo esse resgate maravilhoso do passado e nós escrevendo o presente e quem sabe o futuro.
Dias 19 e 20 espero voce por Tarumã, acompanhando um final de semana que entrará para a história!
Novamente, parabens!

José disse...

Parabéns,com a sua dedicação seu blog vai fazer muitos aniversários.
Seus Pais..
José e Neusa

Giovanni Sanco disse...

É isso ai mano!!!!
Parabéns nego véio!!!
Sei que tu tem muito a contribuir para o resgate da história do nosso automobilismo gaucho...
Força, saúde e sucesso!